Dia Internacional da Não Violência Contra a Mulher é celebrado com palestra em Santa Rita do Araguaia

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) promoveu na última sexta-feira (22/11), a palestra em celebração ao Dia 25 de novembro, dia Internacional da Não Violência Contra a Mulher. Mais de 90 pessoas lotaram o Centro de Convivência do Idoso, entre eles alunos do Colégio Estadual Ivo de Moraes Cajango, beneficiários dos programas sociais e demais comunidade santaritense.

 

A convite da Secretaria Municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano (SMASDH), a palestrante 1ª Sargento da Polícia Militar, Giuliane Giselle V. S. Vaz, psicóloga e coordenadora da Patrulha Maria da Penha de Mineiros (GO) durante a palestra fez um breve relato sobre a história e Lei Maria da Penha, os tipos de violência doméstica e quais medidas protetivas podem ser adotadas no caso de violência.

 

“Plantamos uma sementinha nos alunos, para que eles identifiquem os tipos de violência, o que podem fazer caso presencie alguma, se pode fazer uma denuncia anônima e como fazer, enfim, sei que vamos colher os frutos e isso é muito bom. Quero deixar nossos agradecimentos ao município por nos convidar e dizer que somos parceiros e estaremos disponíveis sempre”, ressalta a sargento Giuliane.

 

 No mês de novembro a Patrulha Maria da Penha da cidade celebra um ano de implantação em Mineiros (GO), a coordenadora do projeto fala da caminhada do projeto até hoje. “Novembro é um mês festivo onde refletimos sobre todo trabalho realizado em relação à violência doméstica, onde obtivemos excelentes resultados. A Patrulha Maria da Penha ela vem em combate à violência doméstica, na questão de fiscalizar as medidas protetivas e dar apoio e amparo as Mulheres vítimas de violência doméstica. Chegou à denúncia a Patrulha Maria da Penha nos locomovemos para a casa da vítima para verificar se a medida é cumprida, se ela necessita de apoio emocional, algum benefício financeiro, se ela tem filhos e necessita de creche/escola, emprego, o que a Mulher nossa rede de enfrentamento, prefeitura, ação social e outros parceiros vêm para colaborar”, explica a sargento.

 

Recém saído do “forno”, Giuliane falou do projeto ‘Acorda Maria’ lançado esse mês em Mineiros. “Com um ano da Patrulha Maria da Penha, vimos à necessidade de estar mais próximos ainda dessa mulher vítima de violência, não só com as visitas, mas estar apoiando em outros aspectos emocionais.  O projeto Acorda Maria veio para acordar as mulheres que ainda não ‘acordaram’ com relação a violência doméstica e que não fizeram a denuncia. Para as mulheres que são assistidas pela Patrulha promovemos rodas de conversa para dar um empoderamento, que ela recupere sua autoestima. Porque nos deparamos com mulheres que são violentadas de todas as formas, psicologicamente, fisicamente. Elas se tornam tristes, sem sonhos e nossa equipe está disposta para levantar e fortalecer essa Mulher. É um projeto muito lindo e temos um prazer muito grande em trabalhar nesta área”, ressalta Giuliane.

 

Em caso de Violência contra a Mulher além do 180, existe o Disk Denuncia, 24 horas,  que atende Mineiros e Santa Rita do Araguaia (64) 9 9616-0190.

 

Assessoria de Imprensa

Gestão Desenvolvimento para todos!

Imagens

Compartilhar

Desenvolvido por