Prefeitura inicia campanha de conscientização para manter a cidade limpa

O secretário de Transporte, Obras e Serviços Urbanos de Santa Rita do Araguaia, Erasmo de Freitas faz um apelo à população para se conscientizar a solicitar a caçamba coletora. Conforme o secretário, durante a última semana percorreu diversas ruas e avenidas do município como a Rua Abílio Alves Ferreira e Avenida Zeca Ferreira, onde constatou que terrenos baldios se encontravam cheios de entulhos e os mesmos invadiam a pista, dificultando o tráfego.

 

“É muito triste ver os terrenos nestas situações, porque a Prefeitura já esteve neste local executando a limpeza, por duas vezes, só neste mês e ainda assim a população continua a descartar os entulhos em locais não permitidos”, desabafa o secretário.

 

O secretário Erasmo de Freitas pede a compreensão de toda a população santaritense e o apoio para dar continuidade aos trabalhos, sendo que a prefeitura disponibiliza um programa chamado “Lixo Seco”. O programa funciona da seguinte forma: o cidadão vai até a prefeitura e retira a Guia de Recolhimento no valor de R$38,00 reais e solicita a caçamba. Esta ficará a sua disposição durante três dias, onde poderá colocar galhos de árvores, restos de construção, móveis e outros.

 

Vale ressaltar a população que jogar entulhos em terrenos baldios gera diversos problemas para a saúde pública, como criadouros do mosquito da dengue, zika e chikungunya e outras doenças causadas por roedores que os habitam.

 

“Ver as vias cheias de lixos e entulhos nos leva a outro problema, uma cidade suja não atrai turistas, nem empresários e consequentemente isso prejudica o município que não consegue investimentos, aumentando inclusive o desemprego. Sabemos que a população santaritense é muito educada e visa o melhor para o município de Santa Rita do Araguaia, assim contamos com apoio de todos para não termos mais terrenos cheios de entulhos”, conclama Erasmo.

 

Outro fator que vêm causando desconforto à população são animais domésticos mortos jogados em terrenos baldios. Erasmo orienta que a população enterre o animal ou procure a Secretaria Municipal de Transporte, Obras e Serviços Urbanos para maiores esclarecimentos.

 

 

Estagiária karine Borges

Assessoria de Imprensa

Gestão Desenvolvimento para todos!

Compartilhar

Desenvolvido por