Reeducandos de Alto Araguaia confeccionam máscaras e auxiliam santaritenses no combate ao coronavírus

Por meio da parceria com a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh/MT), reeducandos do Sistema Prisional Alto Araguaia (MT) vão auxiliar nas ações de combate e prevenção ao coronavírus de Santa Rita do Araguaia (GO), com a confecção de máscaras de proteção. O material custeado pela prefeitura garantiu até o momento, a  fabricação de cerca de 900 máscaras, que estão sendo distribuídos aos profissionais da saúde e demais servidores da prefeitura.

O produto também será entregue a pessoas acamadas que compõe o grupo de risco do covid-19 e famílias em estado de vulnerabilidade, como explica a Prefeita Tânia Salgueiro. “Essa foi à maneira que encontramos para evitar que um produto tão necessário falte para a equipe de saúde que atua na linha de frente contra a doença. Sabemos que apenas o uso da máscara não garante a proteção contra a doença, mas com a ação efetiva das demais medidas de higiene, podemos minimizar os impactos do covid-19”, explica a Prefeita.

As máscaras não cirúrgicas, produzidas através do projeto “Educando para Ressocializar”, que trabalha corte e costura, estão sendo fabricadas com tecido tricoline, respeitando as medidas exigidas, onde deve cobrir totalmente a boca e o nariz sem deixar espaços nas laterais. Elas serão usadas no cotidiano e podem ser lavadas.

Assessoria de Imprensa

Desenvolvimento para Todos!

Compartilhar

Desenvolvido por