Santa Rita do Araguaia apresenta segundo caso recuperado de covid-19

A situação epidemiológica de Santa Rita do Araguaia (GO) foi atualizada nesta terça-feira (26) pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e pelos Núcleos de Vigilância Epidemiológica (NVE) e Vigilância Sanitária (NVS). De acordo com o décimo primeiro documento emitido pelos órgãos, a segunda paciente diagnosticada com a covid-19 por meio do teste rápido realizado em Mineiros (GO), já se encontra recuperada. O resultado foi possível após a realização de um segundo teste, o RT-PCR. Com a atualização, o município apresenta 2 pacientes recuperados, 1 descartado mediante exame laboratorial, 12 excluídos por não se enquadrarem nos critérios estabelecido pelo Ministério da Saúde e 11 monitorados sendo orientados a manter o isolamento domiciliar.

É importante pontuar que o primeiro teste realizado na paciente pelo hospital de Mineiros (Teste Rápido), busca avaliar ou detectar a presença de anticorpos em amostras de sangue, sendo necessário um tempo maior de exposição ao vírus. Com base na experiência de outros testes, o prazo seguro de positividade é de 14 dias, se tornando eficaz e seguro de positividade. Já o RT-PCR, consegue detectar, a presença do vírus desde o início da infecção, ou seja, com o intervalo inferior a 15 dias. Portanto um teste não exclui o outro, sendo complementares.

Com isso, se o teste rápido é positivo e o RT-PCR é negativo, significa que o indivíduo teve contato com o vírus anteriormente e já desencadeou a produção de anticorpos, e nesse momento não apresenta mais carga viral detectável, ou seja, se encontra em fase de recuperação e cura da infecção pelo contato viral anterior.

O município tem adotado todas as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), Ministério da Saúde (MS) e os Decretos publicados pelo Governo do Estado de Goiás, além de redobrar a fiscalização, sendo realizadas rondas pela vigilância sanitária em conjunto com a Polícia Militar, a fim de prevenir e evitar a propagação do coronavírus.

Em caso de sintomas de covid-19 ou denúncias relacionadas a doença, ligue (66) 99711-8278.

Assessoria de Imprensa

Desenvolvimento para Todos!

 

Compartilhar

Desenvolvido por