Santa Rita do Araguaia será beneficiada com instalação de usina de energia solar

Por meio de uma parceria público privado, o município de Santa Rita do Araguaia (GO) passará a contar com uma usina de energia fotovoltaica. O investimento inicial de cerca de R$ 40 milhões terá em sua primeira fase de instalação um módulo que gerará 5 megas, sendo instalado em uma área de  5 alqueires. O projeto tem previsão de extensão para até três etapas, podendo o investimento chegar a R$ 104 milhões com expansão territorial de 12 alqueires. O terreno da construção será cedido pela prefeitura, e a previsão é que a obra seja entregue até o final de novembro. “Além de o investimento proporcionar uma energia limpa e sustentável, essa usina irá incrementar a receita do ICMS, em R$ 200 mil por mês”, ressaltou a Prefeita Tânia Salgueiro.

A construção da usina irá gerar 150 empregos diretos e indiretos durante a implantação. Após a finalização da obra, serão 40 empregos diretos para a manutenção das instalações. Entre os profissionais, está previsto a contratação de pedreiros, serventes, técnicos instaladores, engenheiros elétricos e operadores de maquinário. “Uma das exigências que fiz foi que a empresa usasse a mão de obra santaritensse para garantir empregos para a nossa população”, explicou a prefeita Tânia Salgueiro.

O Assessor de Investimentos Rhony Vasconcelos da Secretaria do Estado de Goiás de Indústria, Comércio e Serviços explica que entre os benefícios que a usina irá proporcionar ao município está o aumento do coíndice de 0,6 para 0,9. “Com a participação maior na geração de ICMS, Santa Rita do Araguaia terá mais independência, o que vai melhorar na folha de pagamento do próprio funcionário público e possibilitar que a prefeitura possa escolher da onde vai comprar a sua energia”. Rhony também fala que a população santaritense terá a opção de escolher. “Serão feitos contratos junto à geradora e então será aberto para a população que tiver interesse em comprar uma energia mais barata, onde, a pessoa irá escolher se continua com a Enel ou se passará a usar a energia solar. Se a pessoa optar pela energia fotovoltaica terá um desconto”, pontuou.

O Superintendente do Estado de Goiás de Indústria, Comércio e Serviços Paulo de Aguiar fala que a usina de energia fotovoltaica é uma oportunidade de atrair novas indústrias. “Tendo energia abundante, outras empresas podem vir”, fala Paulo.

Segundo o empresário Rui Gomide a cidade foi escolhida devido a abundancia natural de energia solar tanto ao longo do ano como durante o dia, sendo o município contemplado com duas horas a mais de sol diária comparado a outras regiões. “Além da grande incidência solar, a região é plana, o que facilita a instalação da usina”, pontuou Rui Gomide.

“Quero agradecer ao Governador do Estado Ronaldo Caiado por estar acreditando no potencial do nosso município e principalmente ao Secretário de Indústria, Comércio e Serviços Wilder Morais e os representantes do estado, Paulo e Rhony por terem atendido aos meus inúmeros pedidos junto à secretaria para trazer essa indústria para a nossa cidade. Então, eu acredito que devido a minha luta incessante de ter batido nas portas não só do Governo do Estado, mas também do Governo Federal, eu acredito que a hora chegou. Que o momento de Santa Rita do Araguaia é agora, e o tão sonhado desenvolvimento econômico está se realizando”, finalizou a prefeita Tânia Salgueiro.

Assessoria de Imprensa

Desenvolvimento para Todos!

Compartilhar

Desenvolvido por