Santa Rita é comtemplada com o Programa Viver – Envelhecimento Ativo e Saudável

Para 2020, a Secretaria de Assistência Social e Desenvolvimento Humano de Santa Rita do Araguaia terão novos projetos e dentre deles o Programa viver – Envelhecimento Ativo e Saudável. O programa engloba tecnologia, educação, saúde, mobilidade física e social que trabalha com o público da terceira idade que, em conjunto com as quatro áreas poderão atender pessoas com +60 anos para que tenham uma qualidade de vida melhor.

 

 

Santa Rita do Araguaia foi contemplado com oito computadores para início do curso de informática básica. A conquista desse recurso vem de encontro com os esforços da prefeita Tânia Salgueiro e apoio do deputado federal Francisco Junior. A Secretária de Assistência Social Lorena Guimarães participou da III Capacitação dos Gestores Municipais para a implementação do Programa Viver – Envelhecimento Ativo e Saudável (PVEAS), em Brasília, em novembro de 2019.

 

 

O objetivo do projeto, criado pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, é promover a inclusão tecnológica da pessoa idosa através da inserção de cursos de informática que ampliem a política do Envelhecimento Ativo e Saudável. Além disso, o Programa também promove a educação financeira, para que os idosos se protejam de golpes e administrem melhor as finanças.

 

 

A secretária da Assistência Social Lorena Guimaraes conta que o projeto, além da tecnológica, será desenvolvido junto com educação e saúde. “Esse visa a inclusão tecnológica da pessoa idosa com os cursos de informática básica; a área da educação com auxilio da alfabetização para melhor desempenho na tecnológica; o projeto, em a parceria com a saúde, traz seminário de informações e conhecimentos mediante palestra, debates e campanha sobre a saúde do idoso e por fim a mobilidade física através das atividades práticas de lazer e recreativas para proporcionar um envelhecimento físico saudável”, conta.

 

 

Muitas das atividades já são oferecidas pelo CRAS, como conclui a secretária. E em breve, as inscrições para o curso básico de informática estarão abertas para o público do município acima de 60 anos independente de renda. O local para a realização do Programa ainda não está definido.

 

Assessoria de Imprensa

Desenvolvimento para Todos!

Imagens

Compartilhar

Desenvolvido por