Senado aprova “Auxilio Emergencial 2020” e projeto segue para sanção presidencial

O Senado aprovou nesta segunda-feira (30) o “Auxílio Emergencial 2020” para trabalhadores informais de baixa renda, microempreendedores individuais (MEIs) e desempregados. O beneficio de R$ 600 será concedido a princípio por três meses, mas pode ser prorrogado e tem por objetivo minimizar os impactos econômicos causados pelo novo coronavírus. O sistema ainda não foi implantado e o projeto segue para a sanção presidencial. O Pagamento será realizado após a regulamentação do Poder Executivo.

A Gestora do Fundo de Assistência Social de Santa Rita do Araguaia (GO), Lorena de Souza Guimarães, pediu para que a população não procurasse ainda o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e os bancos federais. “Temos que aguardar alguns tramites burocráticos para que a população possa receber o benefício. Assim que o auxílio for liberado, iremos divulgar amplamente, explicando também a maneira de adquiri-lo. É importante lembrar que estamos passando pela guerra contra o coronavírus e precisamos tomar todas as medidas possíveis, incluindo evitar aglomerações”, explica Lorena.

Para ter direito ao auxílio, também é necessário ser maior de idade e ter renda familiar mensal inferior a meio salário mínimo (por pessoa) ou três salários mínimos no total, além de não ser beneficiário seguro-desemprego ou de outros programas sociais com exceção do Bolsa Família.

O benefício contemplará até dois membros de cada família, chegando ao valor de R$ 1.200. No caso do Bolsa Família, será realizado um adicional até o valor de R$ 600, ou seja, se o beneficiário recebe R$ 100 através do Bolsa Família, será acrescido R$ 500 ao valor. A mãe que for chefe de família terá direito a duas cotas, assim, poderá receber R$ 1.200 por mês, durante o período.

Os pagamentos serão realizados em três parcelas mensais em contas criadas especialmente para esse fim, no Banco do Brasil e na Caixa Econômica Federal, e não exigirá a apresentação de documentos e taxas de manutenção. Também será possível fazer uma movimentação gratuita por mês para qualquer outra conta bancária.

A Gestora do Fundo de Assistência Social do município, fala sobre os cuidados que a população tem que ter com as notícias falsas. “Diversos sites surgiram com a promessa de garantir o benefício emergencial, mas acontece que não passam de golpes para obter dados pessoais e bancários da pessoas que acabam clicando nos links fornecidos. Se você receber esse tipo de conteúdo, não clique no link, não compartilhe e informe a pessoa de quem você recebeu, que se trata de uma Fakes News. A melhor forma de se proteger contra esse tipo de conteúdo é através de sites confiáveis”, finaliza Lorena.

Assessoria de Imprensa
Desenvolvimento para Todos!

Compartilhar

Desenvolvido por