SMASDH promove café da manhã com grupo da Caminhada Assistida

A caminhada Assistida começou de uma maneira diferente na manhã desta quinta-feira (21), tendo início na praça da prefeitura, seguida de um delicioso café da manhã com a secretária de Assistência Social e Desenvolvimento Humano (SMASDH) Leisa Mara Baronas. A atividade tem como objetivo a prevenção de doenças.

 

Esta atividade é realizada em parceria com a Secretaria de Saúde fazendo um acompanhamento diário das participantes, antes, durante e após a atividade física. O percurso é feito em algumas ruas da cidade no intuito de incentivar à população a praticar exercícios para melhorar a qualidade de vida.

 

De acordo com técnica em enfermagem Érica Mendes, todos os pacientes atendidos no centro de saúde e diagnosticados com problemas de hipertensão ou diabetes são encaminhados para o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), onde têm todo apoio necessário começando por um acompanhamento feito regularmente.

 

A Érica reforça que qualquer pessoa pode participar da caminhada, pois não há uma restrição quanto à idade. “A secretaria saúde do município tem um objetivo muito importante, que é desenvolver trabalho em equipe, alertar as pacientes para manter uma alimentação saudável para controlar a doença e orientar sobre o uso de medicações”, explica a técnica em enfermagem.

 

A caminhada Assistida tem acompanhamento de profissionais especializados. A profissional responsável pelas várias atividades realizadas é a educadora física Ludmila de Paula. “A prática desses exercícios ajudam na melhoria da respiração, batimentos, na disposição física, melhora da autoestima e redução do estresse”, explica a Ludmila. A educadora física explica, ainda, que antes e após as atividades são realizados alongamentos para fortalecimento muscular que ajudam na saúde mental e corporal, além de prevenir lesões.

 

Dona Hilda Francisca Ferreira, 77 anos, conta que participa do projeto desde o início e diz sentir melhor depois que passou a praticar a caminhada e os exercícios, e convida a população para participar também. “Tinha que ter mais gente para animar mais ainda, eu fico triste quando termina”, completa dona Hilda.

 

Outros serviços são oferecidos através da secretaria e as práticas atendem a pessoas de quatro a oitenta e dois anos de idade. “O projeto inclui oficinas de danças, violão, Muay Thai, hidroginástica, Balé, pintura e equitação (técnica ou exercício de andar a cavalo) que ajudam no bem estar de cada um dos participantes”, informa a secretária de Assistência Social Leisa.

 

Estagiária Lindéia David

Assessoria de Imprensa

Desenvolvimento para todos!

Imagens

Compartilhar

Desenvolvido por