Associação Equoamigos é Reconhecida como Utilidade Pública

Se você é de Santa Rita do Araguaia-GO ou, da vizinha Alto Araguaia-MT provavelmente já ouviu falar da Associação de Equoterapia e Equitação, “Equoamigos”. O Poder Público tem observado o trabalho da entidade e a julga, fundamental para a promoção de saúde, por isso a instituição foi proclamada de utilidade pública através da Lei Ordinária nº 1.583/2021. Agora será possível firmar convênios e parcerias com a administração municipal, oportunizando que mais pacientes sejam assistidos. Continue lendo e conheça a história da Equoamigos.

A associação existe juridicamente em Santa Rita do Araguaia-GO desde 2017. Carlos Tadeu fez parte do centro por muitos anos, ele era tesoureiro até ano passado quando precisou se ausentar para assumir o cargo de prefeito, “Quando eu fui presidente do Sindicato Rural eu vi que tinham muitos municípios pequenos, com o mesmo porte de Santa Rita, que tinham a equoterapia. Então eu pensei, por que não? Começamos a conversar com a iniciativa privada e os possíveis voluntários para dar continuidade ao projeto.” Alega o prefeito, ele relembra que o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Senar, deu apoio ofertando cursos preparatórios para a equipe atuar na equoterapia.

Renata Cristina Resende Irigaray é a atual presidente do Equoamigos, e acumula diversos cursos na área, ela conta que para efetivar os trâmites legais da Equoamigos, foi necessário um esforço mútuo de alguns membros, pois uma das imposições para a criação do CNPJ, era que eles fossem capacitados pela Associação Nacional de Equoterapia ANDE – Brasil. “Nós tivemos que investir nossos próprios recursos, e os cursos eram muito caros” explica. A instituição recebe praticantes de Santa Rita do Araguaia – GO e estende os atendimentos para Alto Araguaia – MT, os contemplados são previamente encaminhados através do sistema de saúde.

 O centro auxilia pessoas com transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), transtorno do espectro autista (TEA), síndrome de Down, A.V.C e trauma raquimedular. O grupo trabalha de maneira interdisciplinar complementando as áreas de atuação com fisioterapeutas, psicólogos, psicopedagogos, gestor de recursos humanos, profissionais de educação física equitadores e voluntários. A prefeitura incentiva essa prática cedendo profissionais ao espaço nas terças-feiras. A entidade é filantrópica mantida pelo voluntariado dos membros que lá trabalham, e pelos eventos beneficentes.

A equoterapia é um método terapêutico proporcionado pelo cavalgar do equino, que ativa mecanismos no organismo do praticante melhorando o quadro de saúde geral. Os exercícios realizam o movimento tridimensional no corpo do indivíduo, conforme o cavalo avança atuando na função psicomotora, 30 minutos de montaria equivalem 1800 estímulos, potencializando também a função motora fina, orientação espacial, bem estar emocional promovendo até mesmo, a autoestima dos pacientes.

 “Esta atividade demanda a participação do corpo inteiro, contribuindo assim, para a melhora do equilíbrio, estimulando a sensibilidade tátil, visual, auditiva o tônus muscular… Os praticantes desenvolvem novas formas de socialização, oferece avanços na organização espacial dentre outros benefícios.” esclarece Renata, ela informa que em alguns casos são necessários (três) profissionais para acompanhar o exercício, pois alguns praticantes não têm controle do tronco.

A sede da associação está localizada no Parque de Exposições, Avenida Joaquim Américo s/n, o trabalho deles também pode ser acompanhado pelas redes sociais

https://www.facebook.com/centroequosantarita

https://www.instagram.com/equoterapiaequoamigos/

Assessoria de Imprensa | Aline Nascimento – Alex Oliveira 19/03/2021

Compartilhar

Desenvolvido por